sexta, 25 de fevereiro de 2022 - 20:18h - 2387
Rolê Cultural: bolsistas do Amapá Jovem de regiões ribeirinhas conhecem Museu Sacaca
A 1º edição do projeto alcançou jovens do Distrito do Coração, Porto do Céu e Abacate da Pedreira.
Por: Cláudio Gabriel
Foto: Maksuel Martins
O passeio pelo Museu proporcionou a juventude conhecimento sobre a cultura amapaense.

A 1º edição do projeto Rolê Cultural da Juventude foi realizada nesta sexta-feira, 25, no Museu Sacaca. O Projeto faz parte do Programa Amapá Jovem, que tem por finalidade levar lazer e promover políticas culturais aos bolsistas de regiões ribeirinhas. Nesta edição, os jovens participantes são moradores do Distrito do Coração, Porto do Céu e Abacate da Pedreira.


O passeio pelo Museu proporcionou a juventude conhecimento das plantas medicinais, da cultura local, história do mestre Sacaca, além, de apresentação teatrais, recreação, música ao vivo e outros entretenimentos que garantiram a visitação do dia.

 


A Secretaria Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv) é responsável pelo projeto Rolê Cultural, que alcança bolsistas que já conheciam o Museu desde a infância, e também aqueles que nunca foram ao espaço.

 

O secretário da Sejuv, Pedro Filé, garante que projeto fortalece os laços dos jovens com a história do Amapá e garante conhecimento aos ribeirinhos de nossas tradições.


“O cultural não é somente diversão, mas é aprender sobre a nossa cultura, aprender sobre a nossa história, sobre a nossa tradição. E o museu é um dos pontos turísticos mais bonitos da cidade, que aborda sobre os ribeirinhos, sobre os indígenas, sobre todos aqueles que são responsáveis por estarmos aqui hoje”, Pedro Filé.

 

A bolsista, Cleiciane Fonseca, moradora do Abacate da Pedreira, diz que conheceu o museu na infância durante o passeio da escola e apresenta o espaço para filha.


“Muito bom o espaço, muito recreativo. É a primeira vez que trago minha filha, ela está até admirada de tudo, amou os animais, o jabuti. Minha princesa está encantada com o local. Eu agradeço a esse projeto que me proporcionou trazer minha filha e ela conhecer nossa histária”, afirma Cleiciane Fonseca.

 

O monitor do Programa Amapá Jovem, Hiago Ramon, que mora no distrito do Coração, se surpreendeu com as belezas do local e expõe a importância de saber sobre suas raízes.


“Esse espaço é muito bom para conhecer minha tradição e raízes. Além de apresentar várias informações culturais indígenas e medicinais do Amapá, é um espaço com bastante verde, com bichos. Eu acho importante esse projeto, para levar conhecimento cultural do estado a quem não conhece ainda”, afirma Hiago Ramon.

 

A bolsista, Rossilda Lemos, que veio de Porto do Céu, se encantou com o museu e acabou tendo recordações de sua vida ao conhecer os ambiente do espaço.


“Além de conhecer o museu, gostei muito da casa da parteira, pois eu nasci nas mãos de uma parteira, então a casa da parteira foi algo que eu gostei muito porque me lembrou um momento muito importante”, afirma Rossilda Lemos.

A visitação se repetirá no final do mês de março em outros pontos turísticos e ambientes da cidade, garantindo o acesso à cultura, ao lazer e entretenimento para os jovens ribeirinhos.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá