quarta, 06 de dezembro de 2017 - 21:03h
Ministro enfatiza ação do governador Waldez para tornar o Amapá livre da aftosa
Maggi destacou a injustiça que Waldez sofreu, mas que isso não tirou o foco de trabalhar pelo Amapá.
Por: Wellyson Paiva
Foto: Maggi destacou a injustiça que Waldez sofreu, mas que isso não tirou o foco de trabalhar pelo Amapá.
Ministro Blairo Maggi reconheceu o empenho do governador para tornar o Amapá uma zona livre de febre aftosa com vacinação

Em discurso durante a solenidade de assinatura da Instrução Normativa que reconhece o Amapá como zona livre de aftosa com vacinação, o ministro Blairo Maggi, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), enalteceu o trabalho decisivo do governador Waldez Góes, que assumiu o compromisso de elevar o status do Amapá garantindo, assim, um quadro promissor para a economia amapaense.

“A classe política está a baixo da linha da crítica, somos criticados por todos. Destaco a injustiça que o governador Waldez sofreu. às vezes, tentamos passar uma borracha, mas não conseguimos mais juntar as penas que foram jogadas fora. Mesmo assim, afirmo que trabalhamos muito, e ressalto a importância do governador em todo esse processo. O Amapá, agora, entrará em outro nível, e isso se deu graças ao grande esforço do governo estadual”, enfatizou Maggi.

O ministro destacou também o empenho da bancada federal enfatizando que, quando se trata do interesse do Amapá, os deputados sempre apresentam atuações conjuntas. “Eles podem apresentar divergências políticas no cenário local, algo normal, mas quando entramos em âmbito nacional a defesa pelo Amapá é em bloco. É uma bancada pequena, mas atuante”, afirmou.

Blairo Maggi também manifestou apreço ao povo amapaense através de uma estrofe da Canção do Amapá. “O hino do Amapá fala “se o momento chagar algum dia, de morrer pelo nosso Brasil”, ou seja, o povo amapaense olha pelo Brasil, mas, na maioria das vezes, o País esquece do Amapá. Mesmo assim, esse povo, do extremo norte, está disposto a lutar pelo Brasil, isso nos engrandece”, destacou.  

Também falou que antes da política partidária é necessária uma política de desenvolvimento. “É necessário inserir no Amapá uma estratégia para que, em um curto espaço de tempo, o estado seja um dos maiores produtores em diversas áreas, pois, potencial existe e certamente é a vontade do povo e de seus representantes”, sustentou.  

Ele parabenizou o Amapá pelo momento e detalhou que o ministério coordena as ações de vacina, mas que quem realiza são o estado e seus servidores, junto com produtores. “Nós não excutamos as ações, quem faz isso é o Estado; e se não tivéssemos o empenho de todos, nós não estaríamos comemorando este feito. Poderíamos ter feito este ato em Brasília, mas sabemos que pelas circunstancias, este ato seria diferente, pois o Amapá está mostrando unidade através do governador Waldez, e isso só traz benefícios ao Amapá”, finalizou.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

PMA - Prefeitura do Amapá
Rua Guarani, 728 - Centro, Amapá - AP, 68950-000 - - prefeituraamapa@pma.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2017 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá